domingo, 5 de fevereiro de 2017

ULTIMAS HISTÓRIAS


Coração de mãe não bate no peito, mas na jugular (Índianada Galhardo).  leia  essa e outras histórias...

.

O Primeiro Dia de Aula 1
  Indianara Galhardo.  

Acho que coração de mãe. hemofilico não bate no peito, pulsa na jugular... 

 (...) primeiros dias de aula, jardim outra experiência, mas meu  Guerreiro é forte tudo será como deve ser, as vezes o medo de algo acontecer é Muito, Maior que a própria realidade.

Mas vamos em frente... vamos com  fator na veia e Pé. No chão... 

abraço vermelho

Indianara  Galhardo



O Começo
  Anita Souza.  



A minha história com hemofilia foi assustadora de início..
como pensar no meu pequeno bebê com uma coagulopatia (...) Eu pensava em limitações que ainda nem tinham acontecido e que talvez nem viesse a existir... Chorei noites a fio , o peito andava pesado a cabeça parecia que iria explodir a qualquer momento....

 Anita Souza. 



Ser Mãe de Hemofílico  ( 1 )
  Por Indianara Galhardo.  

 ...É ter que encarar um mundo de questões para as quais nem sempre teremos todas as respostas. É perceber a cada sorriso, cada conquista, cada vitória a nossa missão... 

É querer acreditar que nada acontece por acaso!! Acreditar que a chegada de um filho hemofílico aconteceu porque Alguém quis fazer de nós pessoas melhores, pessoas especiais, capazes de valorizar as coisas mais simples da vida... 

Porque Alguém considerou que éramos capazes de assumir essa responsabilidade! Ser mãe de um hemofílico é chorar muito mas sorrir muito mais, 
valorizando todas as conquistas e todos os passinhos!! 

É perceber que nós também temos muito que aprender, e que os nossos filhos têm muito para nos ensinar...

Indianara Galhardo 8 de setembro



Ser Mãe de Hemofílico  ( 2 )
  Anita Souza.  

Ser mãe de hemofílico e comemorar fator na geladeira, e não haver intercorrências , é comemorar por que pegou logo a veia.... ser mãe de hemofílico é estar aqui ....cheia de abraços vermelhos ao meu filho Jorge Hemofílico A grave


Anita de Souza 


1 2 3 4




VAMOS AJUDAR O RAFAEL?

O Rafael, filho da Gisele é de Anápolis, tem hemofilia B Grave, e está com uma hemorragia no quadril. 

Mas esse não é o único problema, a família enfrenta sérias dificuldades, o barraco deles pegou fogo, o pai o abandonou e a mãe além da dificuldade de criar uma criança com hemofilia enfrenta essas situação complicada financeiramente. .

A Indianara Galhardo
está
 promovendo a
 rifa
 deste bonequinho 
com o simbolo
 da hemofilia para ajudar...

A AHEG, Associação dos Hemofílicos de Goias esta acompanhando o caso e irá ajudar. A Associação já faz um trabalho social com pessoas carentes. 

Mas toda ajuda é bem vinda a essa família que passa por muitas dificuldades. A rifa é outra ajuda. 

A rifa é de 3 (três) bonecos do simbolo da hemofilia, no valor de R$ 20,00. Basta depositar na conta de depósito abaixo, fazendo assim a sua colaboração, comenta o post e no dia 07/07 será feito o sorteio.




Conta para depósito
 Caixa econômica
 Tamillis de Lima Resende 
Agência 0014   Operação 013 
Conta poupança 75954-4 
Valor R$ 20,00